Buscar
  • Milena Malzoni Dance Center & Bateras Beat V.Olímp

Por que o Desafio MMDC tem 21 dias?

Atualizado: Jul 7

Os hábitos são padrões de comportamentos e acabam se tornando uma parte do que somos. Quando algum comportamento se repete o cérebro cria vias sinápticas mais rápidas, de maneira que uma ação aciona a ação seguinte, de forma quase automática.


Segundo a Teoria dos 21 dias, esse é o tempo que o cérebro precisa para interpretar um novo hábito como um padrão estabelecido e torná-lo automático. Na prática, isso significa que você não precisará mais pensar para agir de determinada forma, porque seu corpo já estará ligado no “piloto automático”, realizando a tarefa com naturalidade e exigindo menos esforço pessoal. Vamos deixar bem claro aqui que 21 dias é o período mínimo e não o suficiente para que estas mudanças aconteçam. Quando falamos em mudar um hábito é sempre bom lembrar que cada pessoa tem seu próprio tempo. Então podemos dizer que existem pessoas que conseguem em um tempo menor e outras pessoas precisam de um tempo maior.

Na década de 1950, o doutor e cirurgião Maxwell Maltz percebeu um padrão de comportamento muito comum em seus pacientes. Ele – que era um renomado cirurgião plástico e especialista em amputações – percebeu que os pacientes levavam 21 dias para se acostumarem com as reconstruções faciais e com as amputações. Antes deste período, os pacientes amputados se comportavam como se tivessem um órgão fantasma. Após o período de 21 dias, eles mudavam o comportamento e aceitavam a nova condição.


A Teoria dos 21 Dias também fundamenta que ter um prazo devidamente estipulado contribui positivamente para a saúde mental de quem deseja mudar algum hábito.

Alguns hábitos são mais difíceis de serem construídos. Entretanto, é importante ter em mente que, por mais que sejam difíceis, não são impossíveis de serem colocados em prática no seu dia a dia. Basta um pouco de força de vontade para que se iniciem as mudanças e para que elas permaneçam em sua vida. Esta força de vontade pode agora estar escondida, tímida e perdida, mas acredite que ela está apenas esperando uma oportunidade para ser despertada dentro de você. Muitas tentações vão surgir e você vai ter preguiça, desânimo e vontade de desistir. É por isso que estamos aqui, oferecendo também esse material comportamental para te ajudar a transpor alguns obstáculos. Durante esse 21 dias, você terá acesso à esses materiais complementares que vão te ajudar a entender o seu cérebro e mapear melhor suas emoções e seu comportamento.


Para começar, é fundamental que, a todo momento, você pense em seu objetivo e visualize os ganhos que vai obter ao final deste processo, pois é isso que vai alimentar constantemente a sua força de vontade, para dar continuidade e implementar, de maneira definitiva, as mudanças necessárias para a sua própria felicidade.

Mas vamos ser práticos? Como eu começo esse processo de mudança de hábito?


1. Use um calendário: marque seu progresso nele e deixe-o num lugar bem visível. Isso ajudará você a persistir e ficar orgulhoso de cada conquista! Anote todos os horários das aulas e já deixe um período reservado também para as leituras e vídeos complementares que vão te ajudar emocionalmente nesse processo.


2. Cutuque a sua memória! Arrume um jeito de se lembrar do hábito. Escreva no espelho, programe no seu celular, coloque um bilhete na porta da geladeira, peça para alguém lembrá-lo…


3. Tenha um compromisso. Faça uma aposta consigo mesmo: você vai mentalizar a mudança na sua vida ao longo dos 21 dias. Não importa o que aconteça!


4. Foque agora nesse desafio! Sabemos que tem muitas coisas que você quer melhorar na sua vida e que nesse momento há uma oferta interminável de lives e conteúdos dos mais diversos. Mas lembre-se de que é exaustivo tocar mil planos ao mesmo tempo e há o risco de você não dar conta de nada. Faça uma mudança de cada vez!


5. A força de vontade pode até ser o impulso inicial para iniciar a mudança, mas o que realmente muda as coisas é a consistência com a qual realizamos. Não adianta nada começar com um super ânimo e uma semana depois passar a relaxar, pulando ou se esquecendo dos compromissos criados para com a sua mudança. É preciso manter sempre o mesmo nível de força de vontade, caso contrário não será possível criar novos hábitos.


6. Assumir um compromisso de mudar um hábito publicamente também pode ajudar, seja postando em suas redes sociais, em um grupo de WhatsApp, ou mesmo compartilhando o projeto com sua família e amigos. Garanto que você vai pensar duas vezes antes de não cumprir o combinado!


E se eu não conseguir?

Não importa, você já teve a oportunidade de pensar em algo que quer para a sua vida. Você também já tem uma meta. E você já deu o primeiro passo. Como disse Chico Science "um passo à frente e você não está mais no mesmo lugar". Se conseguir um único dia, na próxima tentativa talvez consiga cinco... e na próxima, dez. E assim seguimos rumo à conquista de todos os nossos objetivos. Por vezes também precisamos falhar para pôr em prática a coragem!




Milena Malzoni - Publicitária, Musicista, Professora de Dança, certificada em PNL, pequisadora e pós-graduanda em Neurociência e Comportamento .


65 visualizações2 comentários